terça-feira, 29 de maio de 2012

Essa Saudade de Você!


Sinto sua falta
Ouço nossas músicas
Fecho os olhos
E te vejo além
Dos meus sentidos
Essa saudade dói em mim
Como uma dor invisível
Da alma que chora
A ausência de quem ama
Meu peito sente uma angústia
Um nó na garganta
Sufoca meu pranto
Da distância que nos separa
Numa atitude de desespero
Lanço minha mão no vazio
Em busca de você
Mas não consigo te tocar
Essa saudade de você
Faz sangrar meu coração
Como se ele tivesse sido
Transpassado pela flecha do tempo
Que fico longe de ti
Nessa saudade de você
Um suspiro escapa
Uma lágrima mergulha
Sobre minha face
Um choro contido
Estremece meu ser
Incertezas da mente
Que deseja te sentir
Novamente
Na esperança de curar
O que essa ausência
Tua me causou
Não demora meu amor
Vem me salvar
Vem me curar
Da dor dessa saudade
De não ver teus olhos
Olhando nos meus

Helen De Rose


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Apaixonada



Você é de Vênus e eu sou de Marte


Quebro sua concha com minha tocha de fogo
Saio e entro na sua vida igual um descarte
Corta meu coração com sua espada no seu jogo

Eu sou emoção e você é razão
Danço meu tesão diante da sua timidez
Na certeza de raptar por um segundo sua visão
Enquanto hipnotizo sua atenção na minha nudez

Você é o meu silêncio e eu sou sua voz
Desenha meus olhos na sua mente 
Eles decifram seus desejos na sua foz
Esperando por seus lábios em mim lentamente

Enquanto você faz seu barquinho de papel
Eu vou construindo nosso castelo de areia
Apaixonada, eu espero seu amor num carretel
Hipnotizado, você ouve meu canto de sereia

Não ficaremos juntos
Porque a Lua separa nossos oceanos
E as distâncias não navegam sobre o mar
Só nos resta sentir o que temos para sonhar

Apaixonados pelo inverso da Lua
Sou o côncavo feminino do seu convexo 
Nesta misteriosa jornada sou toda sua
Entrelaça-me silenciosamente neste seu reflexo

Helen De Rose


*Lançamento em 20/06/12 - CBJE - Rio de Janeiro


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...