quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Bulevar dos Oitis

Em Araraquara/SP


Existe um lugar encantado na morada do sol
onde as aves migratórias que se alimentam do mel
buscam todos os dias para glorificarem o arrebol
enquanto o verde das folhas cobrem todo o céu

Um lugar onde as almas das árvores se entrelaçam
com seus longos ramos em posição de louvor
homenageando as almas que um dia viveram e lutaram.
Foram voluntárias de uma guerra, guerreiras da dor

Um lugar onde minha alma sente a sutil presença
de todas essas almas entrelaçadas e abraçadas
enquanto meus pés caminham na paz da sua herança
sob as sombras frescas que deixam sobre as longas calçadas

Um lugar onde meus olhos encantados olham para o alto
e meus ouvidos ouvem uma canção de louvor que dali emana.
Uma perplexidade toma conta da mente que fica em sobressalto
aguardando que apareça repentinamente uma figura humana

Um lugar onde meu coração deseja ficar e morar eternamente
sentar no banco de madeira da calçada e esperar as estações do ano
ver no outono as folhas se soltando dos Oitis, levitando docemente
enquanto seus ramos louvam ao céu num simples gesto humano

Existe um lugar chamado 'Bulevar dos Oitis' na morada do sol
e quando olhamos, pela primeira vez, algo acontece em nosso ser
um sentimento de paz nasce deste agradecimento ao homem de prol
lembrando-nos que nossas almas estão unidas à natureza para sobreviver.


Helen De Rose

*Lançado em 20/01/2015 - CBJE - Rio de Janeiro


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...