quinta-feira, 16 de março de 2017

Tentação de Dom Casmurro


Oh! Flor do céu! Oh! Flor cândida e pura!*
Encontrei-te no meio do meu paraíso,
No inferno do sanatório, loucura!
És rosa branca dos meus sonhos paradiso

Oh! Menina flor! Oh! Doce Inocência!
Subtrai a paz dos meus desejos insanos,
Eu! Meu purgatório da consciência,
Meus olhos te desnudam, sonhos profanos

Capitu! Alma de menina, minhas sinas!
Sou homem maduro que tu alucinas,
Das minhas entranhas nasce um canalha

Lutando contra sua pureza, tentação!
Aniquilando minh’alma, extrema-unção!
Perde-se a vida, ganha-se a batalha!*

Helen De Rose

(*versos de Machado de Assis, do seu soneto inacabado.)
 
*lançado em novembro de 2016 / CBJE - Rio de Janeiro.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...