segunda-feira, 3 de maio de 2010

Quando os sussurros saem da sua alma...

*leia sussurrando...







As ondas molham meus pés neste sonho
Enquanto as gaivotas rodeiam meus cabelos soltos ao vento
Meu corpo caminha pela areia macia deste lugar
Neste instante, minha alma ouve os sussurros da sua voz
Permeando o horizonte dos meus olhos castanhos
Com os seus Sóis azuis sorrindo em minha direção
Não há porque estar aqui, se, minha alma sente suas palavras
Chamando meu coração para o calor da sua pele
Num desejo ardente de sentir meu âmago
Completamente entregue no domínio de suas mãos

Quando os sussurros saem da sua alma
Navegam em direção das minhas volúpias oceânicas
Onde o ventre lunar faz seu ninho de amor
Envolvendo o nosso tudo em tudo o que é nosso
Num arrepio constante das penugens
Misturadas aos cheiros que nos perfumam
Diante das serenas noites ao luar
Deflagrando as nossas identidades astrais
Nossas entidades etéreas e sobrenaturais
No íntimo do nosso desejo mais secreto

Quando os sussurros saem da sua alma...

...sinto você! ...você! ...você!





 
*Lançamento 10/06/10. CBJE - Rio de Janeiro


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...