quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Muso


Os teus sonhos
dormem nos meus.
Bebo a chuva
que cai do teu telhado,
da tua mente, meu sonhador, peregrino.

Sou as linhas
onde tuas asas pousam
para ouvir o pulsar
dos meus versos
que esperam por ti
em cada folhear. 

Tu és o navegador
dos meus oceanos
quando encontra os caminhos 
com minha nau, submerso
domina meu leme,
até me levar ao teu portuário.

Todas as manhãs
bebo do teu sabor
do encanto estranho
vindo da noite
dos teus sonhos.
Suave presença.
Ser alado,
meu 'muso' que passeia nos meus versos.

Helen De Rose

*Lançamento em 20/11/11 - CBJE - Rio de Janeiro




Um comentário:

  1. Também, Rose querida, sou grande admiradora dos seus poemas, onde mostra sensibilidade esparramada em cada verso. Sucesso e criatividade lhe desejo sempre. Abraço daqui.

    ResponderExcluir

Agradeço sua atenção.
Bastante proteção em seus caminhos.
Sucesso sempre.
Helen De Rose

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...