terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Amor Gris


Mais um dia triste
num segundo qualquer
perdido num minuto da hora
longe de quem se quer

Mais um dia triste
num minuto qualquer
perdido numa hora do dia
até que o tempo transpuser

Longe de lugares 
o silêncio incide
sobre um olhar distante
na seca do deserto, agride

Longe do oásis
onde a água sobrevive
e mata a sede dos lábios
igual ao beijo que detive

Mesmo que os dias passem
sempre terei um giz
de todas as cores e matizes
para pintar esse amor gris

Mesmo que os anos esvoacem
todos os sonhos que eu quis
diante desse infinito horizonte
sempre vou desejar outro bis

Helen De Rose


*Lançamento 20/01/2013 - CBJE - Rio de Janeiro



Um comentário:

  1. Lembranças vivas se fazem sempre presentes. O amor não se restringe ao tempo

    ResponderExcluir

Agradeço sua atenção.
Bastante proteção em seus caminhos.
Sucesso sempre.
Helen De Rose

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...