Imaginações


Ele queria ser essa rosa vermelha
Perfumando esses desejos e sensações
Sobre a pele morna e macia escondida
Entre contornos percorridos por visões

Ele queria ser essa rosa vermelha
Guardando o sabor dessa fruta agridoce
Sobre os lábios, com água na boca
Mesmo que sua língua não fosse

Ele queria ser essa rosa vermelha
Inspirando sua louca imaginação
Sobre as nuances de cada detalhe
No ritmo intenso da sua pulsação

Ele queria ser essa rosa vermelha
No corpo entregue, um segundo apenas
Para sentir o que a flor úmida sentiu
Na saudade de todas as sensações em cenas

Ele queria viver essas imaginações...

Helen De Rose

*Lançamento em 20/03/2016 - CBJE - Rio de Janeiro.



Comentários